Angie Niǹo

Angie Niǹo é colombiana, artista, graduada em artes plásticas e visuais pela Universidad del Tolima na Colômbia, (2014), mestra em Artes visuais pela Universidade Estadual de Campinas, Unicamp (2018) e doutoranda em Poéticas visuais e processos de criação na Unicamp. Tem participado em exposições individuais no Brasil e coletivas tanto no Brasil como no exterior.

Atualmente a artista desenvolve sua pesquisa transitando pelo desenho e a palavra tendo como eixo principal a memória e o imaginário.

"Escutar o espaço: a experiência da memória"

Memórias, devaneios e imaginações nos fazem reviver lugares que foram habitados e dependendo das nossas vivências, criamos novas narrativas quase sempre sobre o eixo da imaginação. Trata-se de um caminho percorrido pessoal na solidão do ser, lembrar um lugar habitado é nos permitirmos viver a experiência do habitar...

Partindo desta ideia surge esta série que faz parte do meu processo de doutorado, o trabalho se desenvolve dos depoimentos dos áudios que recebi depois de fazer um pedido das pessoas falando e descrevendo um lugar sobre Campinas, SP. Cada um desses áudios evidencia a experiência da memória vivida em cada um de nós, talvez seja o desejo de encontrar um lugar e uma identidade à qual se pertence, mas que, ao mesmo tempo, se sente como não ser nosso lugar. Transitar as possibilidades que brinda um espaço questionam, o que é estar e se sentir numa cidade? A cidade faz parte de nossas lembranças, sensações e vivências, do que ela é e do que somos, partindo tanto das experiências individuais quanto das coletivas.

Neste ponto o processo de criação começa a partir da extração da palavra do outro, palavras aleatórias como saudades, espaço, solidão, afeto, inesperado, entre outras são o eixo para a criação e imaginação onde a palavra aparece como referente para criar as imagens apresentadas existindo um ocultamento e ao mesmo tempo um desvelamento dela mediante as imagens executadas e o desenho vai tomando força apresentando imagens onde o referente inicial conserva só um indício ou se perde em sua totalidade, criando em ocasiões um realismo mágico. Neste trabalho, a palavra permeia o desenho, o desenho atua como forma de pensamento e como ato de criação.

 

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2021

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2021

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020

Série. Escutar o espaço: a experiência da memória.

Sanguina sobre papel vegetal. 

100cm x 70 cm. 2020